segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Castelo de sonhos

Construi um castelo, onde princesas, príncipes, reis e rainhas viviam felizes.
Nesse castelo sempre a paz, sinceridade, solidariedade e principalmente a amizade existiam.
Nada poderia atingir a vida feliz, mesmo quando intrigas se faziam presentes.
O amor ao próximo sempre reinando, o sorriso sempre presente.
Oque mais poderia desejar?
Um castelo é um castelo. Suntuoso, enorme, imponente! Nada pode afetá-lo!

Mas descobri que meu castelo era de areia...
E a onda leva-o para o mar aos poucos desmanchando com ele meus mais preciosos sonhos.
Vi que os tesouros que havia acumulado dentro dele aos poucos iam sendo carregados para dentro do mar infinito...
E com ele, meus sonhos...
Meus sonhos se desmancham a cada soar do barulho dessa onda.
Vão-se a juventude... a maturidade...a vida!

O mar...esse infinito no horizonte...
Mas se o mar levou, pode me devolver!

Esse mesmo mar que levou o meu castelo guarda os meus mais profundos segredos!
Nele depositei toda a minha energia ruim, e ele me devolve o melhor das minhas forças.
Me renovo!

Meu castelo está lá, guardadinho no mar, entre o silêncio do oceano e a paz do infinito!

Um comentário:

Fico feliz em compartilhar meus pensamentos com vocês.
Obrigada por deixar seu comentário!